Sobras de Natal: leve na marmita para o trabalho

Sobras de Natal: leve na marmita para o trabalho

O Natal é uma época em que as famílias confecionam vários pratos e em quantidades mais generosas. Mas, o que fazer depois com as sobras de Natal? Fique aqui a conhecer algumas das nossas sugestões e receitas.

Natal é sinónimo de reunião familiar, que por sua vez condiz com uma mesa farta. Mas no dia seguinte há as inevitáveis e já habituais sobras de Natal. Deitá-las simplesmente fora não deve ser opção. Afinal, há muitas opções que podem transformar essas sobras em pratos deliciosos! A pensar nisso, deixamos-lhe aqui algumas ideias para transformar as sobras em apetitosas refeições para levar para o trabalho nos dias seguintes.

 

O que fazer com as Sobras de Natal?

O que fazer com as sobras de bacalhau?

O bacalhau é o prato mais tradicional nas mesas de Natal portuguesas e faz sempre parte das sobras. Ora, com o bacalhau que sobra do jantar da noite de Consoada é já tradição a receita “Roupa Velha”, que consiste, essencialmente, em usar o bacalhau desfiado.

O que fazer com as sobras do peru?

O peru é presença confirmada nas mesas de Natal de muitas famílias, mas, o que fazer com o que sobra? Seguindo os conselhos dos chefes de cozinha, poderá aproveitar as sobras do peru para preparar uma “fritada um pouco de tudo”. A receita é feita à base de arroz e claras dos ovos.

O que fazer com sobras de outras carnes e enchidos?

Mas o peru não é a única carne presente na mesa de natal dos portugueses. Confecionar uma bôla de carne ou um empadão é sempre uma boa ideia para reaproveitar as sobras de carnes e enchidos.

Aproveite e confecione refeições para levar para o trabalho

Com as sobras do Natal, pode também preparar várias doses para levar para o trabalho. Esta é sempre uma opção mais económica e saudável! Mas não se esqueça: procure confecionar pratos que possam ser aquecidos no micro-ondas sem perder a qualidade e o sabor.

Mas já sabe, procure sempre não exagerar nas quantidades…

Sabemos que o Natal é uma época propícia à gula e que por isso combina com uma mesa farta, bastantes opções de entradas, partos e sobremesas, mas, mesmo assim, evite fazer quantidades exageradas. Quantos mais alimentos confecionar, mais sobras depois terá e, mesmo com estas dicas para reaproveitar as sobras para novas refeições, há sempre alimentos que acabam por se estragar.

Neste Natal, evite desperdícios.

Consulte todas as ofertas de emprego no Jobtide

Comments

comments